CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

translator

terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Grupo Cata Luzes

Viagem Cigana (1983)






















Faixas:
01. Maracujaba
02. Ilhas - Olhos
03. Cheiro da Terra
04. Cantata para os Plebeus
05. Dança dos Vivos
06. Um Direito que Assiste
07. Fardo d
e Léguas
08. Vida Cigana
09. Destino dos Retirantes
10. Festas da Xica



Até 1970 a música popular sergipana praticamente não existia. Não se produzia discos e ela se limitava a alguns intérpretes dos ritmos ouvidos em todo Brasil à época: boleros, chorinhos e muita música romântica e saudosista.

É no final da década de 70 e início dos anos 80, que começa a surgir um sentimento ufanista em Sergipe em relação à música. Desenvolve-se o conceito de música popular sergipana, que traz a idéia de uma música autêntica de Sergipe.

As décadas de 70 e 80 foram marcadas por grandes Festivais de Música no Brasil, valorizando a música popular brasileira e revelando grandes artistas. Sergipe também acompanhou este movimento, pois, além dos Festivais Nacionais, havia vários outros festivais regionais e estaduais dos quais os artistas participavam. Além disso, Sergipe também teve seus festivais, e um dos primeiros que entraram para a história foi o FMPS - Festival de Música Popular Sergipana, na década de 80, cujo primeiro vencedor foi o grupo Cata Luzes.

Intimista, a música popular sergipana surgiu nos anos 1980. Ufanista, a música produzida optou por temas sempre ligados à cultura, aos aspectos físicos e naturais do Estado, ou simplesmente, à situações ou pessoas do lugar, como pode ser notado em trabalhos do grupo Cata Luzes, além dos cantores Paulo Lobo, Lula Ribeiro e Irineu Fontes.

De acordo com o vocalista, compositor e violonista do grupo, Cláudio Miguel Menezes de Oliveira, o Cata Luzes possuía quatro integrantes, além dele também fazem parte do grupo os músicos: Antônio Amaral (letrista e percussionista), José Amaral (vocalista e percussionista) e Valdefrê (compositor, violonista e vocalista).

Conforme informou, antes do Cata Luzes existir, um grupo de músicos se reuniu para participar de festivais. “Somente em 1982 foi criado o Cata Luzes”, disse, ao acrescentar que a gravação do primeiro disco do grupo ocorreu em 1983, no Rio de Janeiro. Intitulado Viagem Cigana, o LP contou com a participação de Paulo Moura (maestro e arranjador), Jaques Morelenbaum, Joel Nascimento, Túlio Mourão, entre outros músicos.

Cláudio Miguel revelou que o estilo musical do Cata Luzes não é regional. “A única música nossa que tem traço regionalista é a Cheiro da Terra, que é considerado um baião estilizado”, comentou.

DOWNLOAD!

Texto adaptado dos sites Portal de Sergipe e Informe Sergipe

Agradecimentos mais do que especiais a Brazilian Nuggets, por fornecer os arquivos do disco.
Related Posts with Thumbnails

1 COMENTARIO:

Vicente Fiscina disse...

Que grata surpresa ter encontrado este Lp por aqui! Imagine que já o procurei em diversos sebos em Aracaju e nunca tive a sorte de encontrá-lo, mas, graças a você(s) deste blog, tive o prazer de possui-lo e ouvi-lo novamente. Obrigado, obrigado e obrigado!