CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

translator

segunda-feira, 28 de abril de 2008

CURSOS e DICAS

Receitas Vegetarianas

Essa aqui vai pra Nathalie, a mulher mais vegetariana de Copacabana!


Publicar postagem

A alimentação vegetariana e uma maneira agradável de se obter uma boa saúde, ao mesmo tempo que se poupam os outros animais e a própria Terra. O padrão de refeições vegetarianas e baseado numa larga variedade de alimentos que satisfazem, são deliciosos e saudáveis.
Este livro apresenta 70 receitas vegetarianas. Contem receitas de Entradas (Pães, salgados, manteigas e saladas), de Sopas, de Pratos principais, de Sobremesas (bolos, pudins, biscoitos e compotas) e de Bebidas. Inclui ainda um glossário com informações e dicas sobre os ingredientes menos conhecidos.

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 219 KB

Iniciar Download


templates da lua

Kama Sutra - Técnicas de Prazer

Vale a pena!

Para um bom metedor meia palavra basta!

Tecnicas de como fazer seu parceiro(a) ter mais prazer em momentos intimos e calientes!

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 1 MB

Iniciar Download

templates da lua

4900 Receitas Culinarias

Essa vai pra mulherada q não sabe porra nenhuma d cozinhaO
E para aquela rapasiada que gosta de meter a mão na massa,por que se casou com uma dessas!rsrs

4900 Receitas: Bolos, Entradas, Assados, Aves, Peixes Sobremesas, Molhos, Bifes . . .

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 1,5 Mb

Iniciar Download

templates da lua

Conteúdo:

- Historia da Maquiagem;

- Maquiagem Tridimensional

- Construção de Próteses ou apliques

- Efeitos com gelatina

- Próteses ou apliques de Gelatina

- Receitas de gelatina protética

- Espuma de gelatina - A Evolução dos Apliques de Gelatina

- E como é feita a maquiagem no cinema?

- DICAS DE MAQUIAGENS EM GERAL.

- Dicas na hora de se maquiar:

- Cuidados Especiais para Peles Oleosas

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 1,5 MB

Iniciar Download

11

Aprenda a fazer uma apavorante maquiagem de cinema, em casa com materiais super simples, encontrados em supermercados e farmácias.

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 241 KB

Iniciar Download

templates da lua

Aplicativo que traz a Bíblia Sagrada na íntegra. É fácil fazer a leitura e localizar qualquer assunto seja do antigo ou novo testamento.

Você pode ainda imprimir qualquer trecho da Bíblia ou fazer tradução para outras línguas bastando copiar e colar o trecho que você precisar.

  • Tamanho: 3.8 MB
  • Idioma: Português
  • Hospedagem: Easyshare

Iniciar Download


templates da lua

Aprenda a desbloquear todas as TVs a Cabo

Tutorial completo para desbloqueio de todas as operadoras de TV a Cabo.
Aproveite o melhor dos canais pagos sem gastar um tostão!

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 12 MB

Iniciar Download


templates da lua


Dicas para quem pretende parar de fumar. Ebook completo.

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 2,3 MB

Iniciar Download

templates da lua

Trata-se de um manual completo para barman e uma apostila de drinks, selecionando as bebidas que mais saem nas baladas e festas formais.
  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 200 KB
Iniciar Download

templates da lua
Plantas e Flores - Deslumbrantes para você criar e presentear gastando pouco
  • Hospedagem: Rapidshare
  • Tamanho: 42 MB


templates da lua

Dúvidas e mitos sobre esse assunto (Masturbação), comentados nesse ebook.
  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 150 KB


templates da lua

Aprenda a satisfazer uma mulher na cama com várias dicas encontradas neste ebook
  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 150 KB



templates da lua
Uma Coletânea com 40 erros que os homens cometem na hora H, e que muita das vezes não se tocam.
Aprenda muita coisa com esse ebook, se atualize e não erre da próxima vez !
  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 115 KB

Iniciar Download
templates da lua
Este texto foi feito para ajudar todos os homens. É um guia de coisas que você deve fazer. O guia serve até mesmo para os homens que estão satisfeitos com seus conhecimentos sobre sexo.É interessante que você leia isto, pois há sempre algo a se aprender.
  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 100 KB


templates da lua

Ótimo tutorial para quem nunca teve nenhum contato com o Xadrez.O tutorial aborda desde os princípios iniciais do Xadrez , como o significa e o que representa cada peça.
Ideal também para jogadores que ja tem algum intimidade com o Xadrez e gostaria de se aprofundar mais.

  • Hospedagem: Easyshare
  • Tamanho: 450 KB


templates da lua

Related Posts with Thumbnails

quarta-feira, 16 de abril de 2008

AS TORTURAS QUE A IGREJA DE ROMA FAZIA ÀS MULHERESImage and video hosting by TinyPic

“As Mulheres Sentiam Um Medo Especial da Inquisição”

Se uma mulher fosse acusada de bruxaria, ficava na iminência de sofrer uma tortura muito especial por parte do clero sedento de sexo. Como você descobrirá ao ler o "Malleus Maleficarium", o manual operacional da Inquisição, as mulheres eram especialmente visadas para perseguição como prováveis bruxas. Se uma mulher fosse meramente lançada de um lugar alto, como vemos aqui, podia chamar a si mesma de sortuda por ter uma morte relativamente rápida e com pouca dor. Como demonstraremos, um espírito demoníaco de obsessão de desvio sexual e luxúria soprou em toda a Inquisição depois da publicação do "Malleus Maleficarium"; em 5 de dezembro de 1484, o papa Inocêncio III emitiu a bula papal que estabeleceu esse documento como o padrão pelo qual a Inquisição deveria ser conduzida. O celibato clerical já estava em vigor há 361 anos, tempo bastante para tornar os sacerdotes em verdadeiros desviados sexuais.

Malleus Maleficarum

Em 1486 foi publicado um livro chamado Malleus Maleficarum (Martelo das Bruxas) escrito por dois monges dominicanos, Heinrich Kramer e James Sprenger. O Malleus Maleficarum é uma espécie de manual que ensina os inquisidores a reconhecerem as bruxas e seus disfarces, além de identificar seus supostos malefícios, investigá-las e condená-las legalmente. Além disso, também continha instruções detalhadas de como torturar os acusados de bruxaria para que confessassem seus supostos crimes, e uma série de formalidades para a execução dos condenados. Ainda, o tratado afirmava que as mulheres deveriam ser as mais visadas, pois são naturalmente propensas à feitiçaria. O livro foi amplamente usado por supostos "caçadores de bruxas" como uma forma de legitimar suas práticas.

Alguns itens contidos no Malleus Maleficarum que tornavam as pessoas vulneráveis à ação da Santa Inquisição:

  • Difamação notória por várias pessoas que afirmassem ser o acusado um Bruxo.
  • Se um Bruxo desse testemunho de que o acusado também era Bruxo.
  • Se o suspeito fosse filho, irmão, servo, amigo, vizinho ou antigo companheiro de um Bruxo.
  • Se fosse encontrada a suposta marca do Diabo no suspeito.

Geralmente as vítimas não conheciam seus acusadores, que podiam ser homens, mulheres e até crianças. O processo de acusação, julgamento e execução era rápido, sem formalidades, sem direito à defesa. Ao réu, a única alternativa era confessar e retratar-se, renunciar sua fé e aceitar o domínio e a autoridade da Igreja Católica. Os direitos de liberdade e de livre escolha não eram respeitados. Os acusados eram feitos prisioneiros e, sob tortura, obrigados a confessarem sua condição herética. As mulheres, que eram a maioria, comumente eram vítimas de estupro. A execução era realizada, geralmente, em praça pública sob os olhos de todos os moradores. Punir publicamente era uma forma de coagir e intimidar a população. A vítima podia ser enforcada, decapitada, ou, na maioria das vezes, queimada.


Essa obsessão sexual rapidamente cresceu ao ponto em que uma mulher vivia com medo de que um dia, a partir do nada, pudesse ser acusada por alguém de ser uma bruxa; visto que a acusação era equivalente à culpa, aquela mulher podia esperar uma morte lenta sob tortura nas mãos de sacerdotes celibatários e com desvio sexual. Essa declaração é fato histórico, e provaremos isso, por meio do documento oficial da "Santa" Inquisição católica romana, o "Malleus Maleficarium".
Decidimos não inserir a maioria das gravuras que temos retratando mulheres desse período histórico sofrendo abuso sexual e sendo humilhadas durante a Inquisição, simplesmente por que não desejamos mostrar partes sexuais neste site; entretanto, esta gravura demonstra o fato que as mulheres sofriam abuso sexual durante a Inquisição, sem ser tão visualmente obscena.


Aqui, vemos uma mulher condenada, acusada de bruxaria, despida e sendo forçada a engatinhar, diante dos olhares lascivos da multidão, para uma gaiola onde ela será colocada e depois pendurada para todos verem. Os padres acreditavam que uma bruxa perdia seus poderes quando era suspensa do chão; portanto, quando os soldados da Inquisição prendiam uma mulher acusada de bruxaria, podiam puxá-la fisicamente do chão e carregá-la à masmorra de confinamento. Essa gravura transmite a essência dessa crença ridícula.

Um dos mais hediondos de todos os instrumentos de tortura utilizados contra as mulheres na Inquisição eram os "fura-bruxas", mostrados em seguida. Como você pode ver, esses instrumentos são na verdade facas. O "Malleus Maleficarium" declarava que as bruxas têm uma "marca do Diabo" em algum lugar em seu corpo. Isso exigia que o sacerdote investigador fizesse ele mesmo uma inspeção minuciosa no corpo nu da pobre mulher. Essa inspeção era freqüentemente realizada em meio a um grupo de homens que agiam como voyeurs, mas ostensivelmente eram forçados a testemunhar essa "inspeção" por causa de seu ofício religioso!


"Para aumentar o número de toques [perfurações], foi inventada a noção sutil de que a marca do Diabo deixava um ponto insensível à dor, discernível apenas por um inspetor perito com uma ponta afiada [uma dessas facas]. Assim, surgiu uma guilda de 'perfuradores de bruxas', que eram remunerados apenas quando descobriam uma bruxa, o que por sua vez levou à 'prova cabal' do sistema de usar uma ponta retrátil auxiliar. O 'perfurador' oficial, tendo dolorosa e visivelmente retirado sangue de vários pontos da vítima nua, penetrava o perfurador substituto [a faca] ao máximo, surpreendendo a multidão, e assegurando seus honorários pela bruxa entregue para julgamento." [Thomkins, pg 391]
Em outras palavras, essa faca retrátil não penetrava na carne quando era pressionada com força, mas retraía para dentro do cabo. No entanto, a multidão não sabia disso, e acreditaria que a razão por que a mulher não gritava, e por que não jorrava sangue ao ser perfurada, era por que ela era uma bruxa.
Esses "fura-bruxas" procuravam também outras "marcas do Diabo" no corpo da mulher.

"Segundo a Igreja, em algum lugar no corpo da bruxa, o Diabo deixava sua marca, a mais óbvia das quais era um mamilo supranumerário - 'sinal seguro' de dedicação à deusa Diana, de muitos seios, a rainha das bruxas. E, enquanto a profissão médica moderna estima que três de cada cem mulheres tenham tais vestígios, as chances de 'encontrar' uma bruxa eram consideráveis. (Nota: O Novo Dicionário Aurélio define "supranumerário" como "que excede o número estabelecido"; portanto, uma mulher com um mamilo a mais tem um "mamilo supranumerário")
Certamente, os sacerdotes celibatários e "castos" estariam muito interessados em examinar cem mulheres para encontrar três que tivessem um "mamilo supranumerário"!


No entanto, os "fura-bruxas" penetravam cada uma dessas "marcas do Diabo" com um desses "perfuradores", essas repugnantes facas de exame. Visto que o episódio inteiro era conduzido por um sacerdote celibatário e "casto", eles ficavam excitados sexualmente ao examinar as mulheres dessa maneira. Assim, você pode compreender a próxima revelação de Thomkins.


"... havia aquela depravada compulsão, descrita por Wilhelm Reich como a 'praga emocional', em que indivíduos sexualmente não-funcionais, incapazes de sentir prazer na prática natural do sexo, começam a aliviar sua sexualidade reprimida cortando, dilacerando e queimando a própria carne que não podem nem beijar, nem acariciar, nem inflamar com prazer." [Ibidem]

Assim, o celibato - a "doutrina de demônios" - invadiu e tomou posse de uma parte enorme da "Santa" Inquisição. Para Satanás, foi fácil invadir a Igreja Católica poderosamente, pois já a tinha movido para a prática da feitiçaria desde o ano 321, quando o imperador Constantino afirmou seu comando sobre a igreja. Quando finalmente esse período da Inquisição começou, a Igreja já estava separada da videira verdadeira - Jesus Cristo - há mais de 800 anos.

Portanto, a madeira estava muito seca, suscetível ao fogo do Inferno que Satanás soprou, usando a Inquisição. Um praticante de Magia Negra pode confirmar para você que o espírito do demônio sexual, Larz, e suas hordas demoníacas, virtualmente tomaram posse da Inquisição com sua luxúria e suas obsessões sexuais, uma conquista que foi extremamente fácil devido à imposição do celibato. Os sacerdotes católicos tornaram-se assassinos, estupradores e voyeurs. Um número estimado de 75 milhões de pessoas pagou o preço final, enquanto milhões de outras foram intimidadas, torturadas, e forçadas a manter relações sexuais pelos sacerdotes que manejavam essa arma terrível contra as mulheres que queriam levar para a cama!

Sugestões de leitura:

O Martelo das Feiticeiras (Malleus Maleficarum), Heinrich Kramer e James Sprenger, Editora Rosa dos Tempos, tradução de Maria Lopes José da Silva.
O Manual dos Inquisidores (Directorium Inquisitorum), Nicolau Eymerich, Editora Rosa dos Tempos, tradução de Paulo Fróes.

================================================

BRUXAS DE SALEM

Image and video hosting by TinyPic

Não é privilégio da Inquisição o pavor e a perseguição das pessoas acusadas de "bruxaria": Na Vila de Salem, uma Colônia da Baía de Massachustts (New England), onde hoje é a cidade de Danvers, famoso ficou o julgamento e a condenação à morte de várias pessoas acusadas de feitiçaria.

Em janeiro de 1692, Elizabeth Parris de nove anos e Abigail Willams de onze, começaram a exibir comportamento estranho, como blasfêmias, gritos, ataques apoplécticos convulsivos, estados de transe etc. Logo outras meninas de Salem começaram a demonstrar comportamento semelhante e, incapazes de determinar qualquer causa física para os sintomas e comportamentos, os médicos concluíram que as meninas estavam sob influência de Satanás.

Orações e jejuns comunitários foram organizados pelo Reverendo Samuel Parris, pai de Betty e tio de Abigail Willians. Para descobrir a identidade das bruxas, Jonh, um índio, assou um bolo feito com centeio e urina das garotas enfeitiçadas e, pressionadas para identificar a fonte de suas aflições, as meninas nomearam três mulheres, inclusive Tituba, índia escrava do Reverendo Parris, além de Sarah Good e Sarah Osborne.

Embora Osborne e Good tenham alegado inocência, Tituba confessou ter visto o Diabo, o qual aparecia para ela "as vezes como um porco e as vezes como um grande cachorro", tendo ainda Tituba testemunhado que havia uma conspiração de bruxas em Salem.

Em 1º de março, os magistrados John Hathorne e Jonathan Corwin examinaram Tituba e as outras duas mulheres na casa de reuniões de Salem. Tituba confessou a feitiçaria praticante. Nas semanas seguintes outras pessoas da cidade testemunharam que eles tinham sido prejudicados pelas bruxarias e, tendo continuado a caça às bruxas, foram feitas acusações contra diversas pessoas, principalmente mulheres cujo comportamento estava perturbando de alguma maneira a ordem social e convenções do tempo. Alguns acusados tinham registros criminais, inclusive de feitiçaria, mas outros eram devotos e pessoas consideradas na comunidade.

Martha Carey é acusada de feitiçaria em 12 de março. A enfermeira Rebecca é denunciada em 19 de março. Martha Carey foi examinada pelos magistrados em 21 de março e Rebecca em 24 de março. E seguiram-se várias acusações e exames dos supostos feiticeiros.

Abigail Hobbs, Bridget Bishop, Giles Corey, e Mary Warren foram examinados em 19 de abril. Só Abigail Hobbs confessou.

Sarah Osborne morreu na prisão de Boston em 10 de maio.

Em 27 de maio o recém chegado governador, Sir William Phips, fundou um Tribunal especial de Oyer e Terminer composto de sete juízes para julgamento dos casos de bruxaria. Compuseram o Tribunal: William Stoughton, Nathaniel Saltonstall, Bartholomew Gedney, Peter Sergeant, Samuel Sewall, Wait Still Winthrop, John Richards, John Hathorne, and Jonathan Corwin.

Os julgamentos foram baseados nas confissões, em atributos sobrenaturais como marcas etc, e com base nas reações das meninas atingidas pela bruxaria. Foi considerado inclusive que o diabo poderia assumir o aspecto de uma pessoa inocente.

Em 2 de junho Bridget Bishop foi o primeiro a ser considerado culpado e condenado à morte. Nathaniel Saltonstall abandonou o tribunal insatisfeito com seus procedimentos. Sendo Bishop enforcado em Salem em 10 de junho de 1692. Bridget Bishop: "Eu não sou nenhum bruxo. Eu sou inocente. Eu não entendo nada disso". A imagem “http://elfocinzento.no.sapo.pt/elfos/vlad3.jpg” contém erros e não pode ser exibida.

Giles Corey alegou inocência da acusação de feitiçaria, mas subseqüentemente recusou levantar-se diante do tribunal. Esta recusa significou que ele não podia ser julgado legalmente. Porém, os examinadores dele escolheram sujeitá-lo a interrogatório mediante tortura, colocando pesadas pedras em cima de seu corpo. Ele sobreviveu a esta brutal tortura durante dois dias e morreu.

Em 19 de julho Rebecca Nurse, Martha Carey, Susannah Martin, Elizabeth Howe, Sarah Good, e Sarah Wildes foram executadas.

A sentença de Martha Carey, datada de 10 de junho, informa que: "O Tribunal de Oyer e Terminer, reunido na Casa de Reuniões da Aldeia de Salem, tendo ouvido o testemunho de diversas pessoas, considerou Carey culpada do crime de 'heresia', acusada de ter ajudado e auxiliado bruxas, causado dores e sofrimentos para sua família e demais parentes; matado umas quarenta e cinco aves raras e vários suínos na Aldeia de Danvers e em suas proximidades; posto uma 'maldição do diabo' nas meninas de Parris e em Goody Laurence, causando muita doença e miséria; comido vidro quebrado..."

Segue ordem para o Xerife George Corwin "confinar Martha Carey na cadeia da prisão de Salem até 19 de julho de 1692, ocasião em que, quando o sol estiver alto, ela será executada. Dê-lhe um gorro preto e leve-a segura para a Colina da Execução em Salem e coloque-a na forca. Ela será pendurada pelo pescoço até a morte. Possa Deus perdoar sua alma má". (Documento que se encontra no Peabody Essex Museum, juntamente com outros 551 documentos, todos referentes aos julgamentos das bruxas de Salem)

Em 19 de agosto, George Jacobs, Martha Carrier, George Burroughs, John Proctor, and John Willard foram enforcados.

Margaret Scott, Mary Easty, Alice Parker, Ann, Pudeator, Wilmott Redd, Samuel Wardwell, e Mary Parker foram enforcadas em 22 de setembro.

O tribunal foi dissolvido pelo Governador Philips em 29 de outubro, depois de executadas 20 pessoas.

Salem witchcraft trials
O julgamento de George Jacobs, um dos 19 aldeões que perderiam a vida na forca, em 1692

==========================================

Texto Complementar:

Related Posts with Thumbnails

terça-feira, 15 de abril de 2008

Cativeiro Roots>

Related Posts with Thumbnails

segunda-feira, 7 de abril de 2008

jogar fora


AMOR PROPRIO.



Related Posts with Thumbnails

quinta-feira, 3 de abril de 2008

fotos

Roubar Orkut Com Pagina FAKE (Muito Facil e Rapido)




Descrição:

Pagina fake muito usada para roubar contas de orkut ^^!

nesse tutorial vamos aprender Fazer uma pagina Faker e receber as senhas dos seus amigos ^^!

Informações:
Tamanho:
5Kb

Hospedagem: Easyshare/Bit Road
Download (Easy-Share)
Download (Bit Road)

______________________________
templates da lua

Achei essa joia exótica
no evento hair brasil 2008










templates da lua
-------------------------------------------------

USUÁRIO NÃO SERÁ MAIS PUNIDO

Antes tarde do que nunca! No dia 8 de outubro de 2007 entrou em vigor a nova lei de entorpecentes, que traz um grande avanço para nossa sociedade conservadora: o usuário de substância entorpecente deixará de ser tratado pela Justiça como um criminoso.

A mudança era necessária.

A Lei n° 6368/76 – ainda em vigor – prevê pena de 6 meses a 2 anos de detenção para quem for flagrado, por exemplo, fumando um cigarro de maconha.

Ao tratar o usuário de tal forma, a atual lei gera injustiça, pois em caso de condenação, o droga adicto era encarcerado junto com criminosos de alta periculosidade. Ficava, portanto, à mercê do poderio do crime organizado, muitas vezes sendo obrigado a agir sob as ordens dos verdadeiros delinqüentes.

A pena mínima do traficante, por outro lado, passou de 3 para 5 anos de reclusão, continuando a máxima em 15 anos.

A matéria é polêmica. Alguns sustentam que a “descriminalização” (em verdade, não deixou de ser crime portar droga, o que mudou foi que não haverá mais pena de prisão) do usuário impossibilitará que a polícia chegue ao traficante. O argumento não convence, porque dificilmente o usuário fornece à polícia subsídios para identificar quem vendeu a droga, certamente pelo medo de sofrer eventuais represálias.

Outros sustentam que a mudança trazida pela nova lei foi tímida, e o melhor seria abolir o crime de uso, como alguns paises da Europa fizeram.

Mas um detalhe interessante, e sobre o qual não vi ninguém até agora comentar, é o fato da nova lei aplicar-se aos casos em andamento, e até daqueles que já foram decididos por sentença condenatória. É que a lei nova favorece o usuário, cominando pena menos rigorosa, hipótese que se enquadra no parágrafo único do art. 2° do Código Penal. Desta forma, milhares de usuários que respondem a processo criminal por uso de drogas serão beneficiados...

Que sorte dos malucos, hein?!

Lei n° 11.343, de 23 de agosto de 2006:

Art. 28. Quem adquirir, guardar, tiver em depósito, transportar ou trouxer consigo, para consumo pessoal, drogas sem autorização ou em desacordo com determinação legal ou regulamentar será submetido às seguintes penas:

I - advertência sobre os efeitos das drogas;

II - prestação de serviços à comunidade;

III - medida educativa de comparecimento a programa ou curso educativo.

"Asilos do Rio de Janeiro em 2019"

/
rsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

---------------------------------------------------------------

Adidas Hemp

Estréio este site dando minha cara à tapa. Coloco meus primeiros anúncios fantasmas, criados com base no briefing da comunidade Portfolio SEM VERGONHA, do orkut.

Todos eles são para a linha Adidas Hemp (produtos feitos com o cânhamo, a fibra da maconha).

Texto lento Bob Marley Jah Onda

vamos parar por aqui!!! rsrsrsrsrsssrsrsrsrsrsr
templates da lua

Related Posts with Thumbnails