CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS

translator

quarta-feira, 20 de julho de 2011

Clementina de Jesus kilombo


Clementina de Jesus


Boa noite!

Ontem aconteceram alguns imprevistos e o programa começou com uma hora de atraso. As gravações vão demorar um pouco para sair. Semana que vem faremos um especial São João. Tentem escutá-lo ao vivo!

Comecei um trabalho de transformar vinil em cd. Posto aqui um álbum da Clementina de Jesus chamado "Clementina, cadê você?"

Natural de Valença (RJ), Clementina trabalhou muitos anos como empregada doméstica e só começou sua carreira artística aos 63 anos de idade. Foi descoberta pelo poeta Hermínio Bello de Carvalho e fez participações em discos de Milton Nascimento, João Bosco e Alceu Valença. Em 1983 foi homenageada por um espetáculo no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, com a participação de Paulinho da Viola, João Nogueira, Elizeth Cardoso e outros nomes do samba.
Sua voz evoca o respeito à Africa ancestral, por meio dos cânticos aprendidos que aprendeu com sua mãe, filha de escravos.
Neste disco você encontrará sambas, jongos, corimás e batucadas.
Destaque para a primeira música, 'vai saudade', do grande partideiro Candeia.
obrigado ao blog GINGA MÉDIA por essa jóia.

Baixar o álbum DOWNLOAD !

Related Posts with Thumbnails

Bantu Choral Folk Songs

Bantu Choral Folk Songs




Mais uma pedra em vinil cedida gentilmente pelo amigo rafael kaos. Um disco de 1955 com canções espirituais dos negros norte-americanos. Direção e arranjos de Peter Seeger.
Um passeio no tempo e no espaço, ouçam com o coração!


Baixar o disco DOWNLOAD
Raridade
Related Posts with Thumbnails

Capoeira Cordão de Ouro

Capoeira Cordão de Ouro



Posto aqui um vinil de Capoeira: Cordão de Ouro - Mestre Suassuna e Dirceu.
Um vinil de 1975, gravação do conhecido grupo de capoeira regional Cordão de Ouro.
Muitas músicas do disco também são muito presentes na Capoeira Angola.

Destaque para a faixa 6, um belíssimo arranjo de Iúna, um toque sagrado entre os capoeiristas.

só de lembrar que eu ja tive esse album em vinil...
MUITO BOM!!!

DOWNLOAD




Related Posts with Thumbnails

Mestre Caiçara

Mestre Caiçara


Numa época em quePelourinho nao tinha o glamour de hoje,

Numa época em que Pelourinho nao tinha esse glamour de hoje,Mestre Caiçara ditava as regras em um território de prostitutas e cafetões; de traficantes e malandros. Todos tinham que pedir a sua benção. Gravou um dos principais discos de Capoeira Angola onde exemplificava os diversos toques de Berimbal,além de cantar ladainhas e sambas de roda.


Mestre Caiçara faleceu em agosto de 1997

Baixar o disco

Related Posts with Thumbnails

terça-feira, 19 de julho de 2011

Eduardo e Mônica - O filme

O primeiro clip feiro até hoje dessa musica.
Gostei Muito!!
Related Posts with Thumbnails

The Roots How I Got Over

2010 How I Got Over - The Roots


How I Got Over
1. A peace of light (ft. Amber Coffman, Angel Deradoorian & Haley Dekle)

2. Walk alone (ft. Truck North, P.O.R.N. & Dice Raw)
3. Dear god 2.0 (ft. Monsters of Folk)
4. Radio daze (ft. Blu, P.O.R.N. & Dice Raw)
5. Now or never (ft. Phonte & Dice Raw)
6. How I got over (ft. Dice Raw)
7. DillaTUDE: The flight of Titus
8. The day (ft. Blu, Phonte & Patty Crash)
9. Right on (ft. Joanna Newsom & STS)
10. Doin’ it again (ft. John Legend)
11. The fire (ft. John Legend)
12. Tunnel vision
13. Web 20/20 (ft. Peedi Peedi & Truck North)
14. Hustla (ft. STS)

DOWNLOAD




Related Posts with Thumbnails

terça-feira, 5 de julho de 2011

tatuagem feminina


Mulheres Tatuadas

Houve um tempo em que o único lugar onde se podia encontrar uma mulher tatuada era em Freak Show, circos ou feiras exóticas. Tatuagens eram coisas de tribos indígenas, marinheiros e motociclistas rebeldes e durões.

Nos dias atuais, tornou-se comum ver garotas com desenhos estampados pelo corpo e alguns piercings como adornos. Garotas tatuadas, de cabelos coloridos não chocam mais a pessoas que vivem neste mundo moderno. Esse estilo de vida acabou gerando uma subcultura formada por amantes da body art. Existem sites e culto a garotas mistura a doçura de uma Lolita de Nabokov com o charme e glamour das pin-ups.

No final do século XIX e durante metade do século XX, as tatuagens eram raras e pagava-se para ver pessoas tatuadas. Os circos foram os principais expoentes para os amantes da body art. Foi através deles que mulheres como Jean Furella e Betty Broadbent tornaram-se estrelas das feiras freaks.

Jean Furella como A Mulher Barbada, era uma das principais atrações no circo onde trabalhava, até que ela se apaixonou por um homem que não se sentia muito confortável com a uma mulher que tinha mais pelo nos rosto que ele. Não demorou muito para que
Furella raspasse toda a barba e tatuou todo corpo, continuando assim com a sua carreira no circo.


Jean Furella de mulher barbada para mulher tatuada

Betty Broadbent é conhecida como o freak mais belas do mundo. Foi o tatuador Jack Red Cloud que apresentou a body art para Betty que logo se apaixonou. Ela teve mais de 350 desenhos espalhados pelo corpo, muitos deles feitos por importantes tatuadores da década de 30, ela foi a principal atração New York World’s Fair em 1939. Betty afastou-se do show business em 1967 e tornou-se tatuadora profissional.


Betty Broadbent, considerada a maisbela mulher tatuada do mundo

“Foram os marinheiros ingleses, por meio do contato com os polinésios que difundiram essa prática pelo mundo. A reprodução de feras do mar, caveiras e embarcações demonstravam as aventuras desses homens que se lançavam pelo mar. Sendo os mesmos sujeitos de pouca condição financeira ou influência social, fizeram da tatuagem algo popular entre os guetos, prostíbulos e tavernas freqüentadas pela “escória”, ou seja, desocupados, lutadores de rua, criminosos e prostitutas. “* (Historia da Tatuagem)

Foi a partir da déecada de 70 que a tatuagem ganhou maior populiridade com a cultura pop que sugia na Califórnia naquela época, graças ao cinema, ao rock n’ roll e ao espírito de rebeldia daquele período.” Logo vieram os surfistas e a moda de braços decorados com imagens estilizadas no estilo oriental, como dragões e serpentes, por exemplo. “Na década de 80, foi a vez dos tigres e das águias. Desde então, a tatuagem teve um aumento tão grande de popularidade que o número de estúdios subiu de cerca de 300 para mais de 4.000 nos últimos 20 anos, nos Estados Unidos.“(Amana Rodrigues).

Hoje em dia a tatuagem permanece como um símbolo de forma de expressão individual de arte e estética do corpo. O que era considerado freak no início do século passado, tornou-se um estilo de vida.

                  
por Mônica Ash do /dialogofashion.wordpress.com
Related Posts with Thumbnails

Related Posts with Thumbnails